1

Quem pode participar?

Startups de base tecnológica, Micro ou Pequena empresa, incluindo também Micro Empreendedor Individual (MEI), com CNPJ ativo, de qualquer atividade econômica, possuindo ou não CNAE primário industrial, desde que apresente competência tecnológica para solucionar o desafio lançado através do Desafio Repsol Sinopec Brasil de Digitalização.

2

Qual o perfil de projeto esperado?

Estão aptas a participar soluções em diferentes estágios de maturidade, inclusive em estágio de ideação. Empresas com protótipos ou produtos em estágio mais avançado, deverão apresentar qual desafio tecnológico pretende-se desenvolver com o recurso do Desafio.

Não se adequam ao desafio projetos ou que proponham aplicações pontuais, com caráter de consultoria e/ou projetos sem desafio tecnológico.

3

Qual o objetivo espera-se alcançar com Desafio de Digitalização Repsol Sinopec Brasil?

Através do processo, espera-se realizar uma prova de conceito da solução proposta, de modo a avaliar a viabilidade da mesma aplicada à resolução de um ou mais dos  problemas apresentados pelo Desafio. De acordo com o Plano de Trabalho definido para o projeto (que não poderá exceder 12 meses), serão realizadas etapas de validação, desenvolvimento e testes.

4

O que são as Instituições Âncora?

As Instituições Âncora (IA) são grandes empresas que propõem chamadas temáticas específicas através do Edital de Inovação para Indústria. São responsáveis pela definição das regras do desafio, aportando parte do recurso a ser destinado aos projetos apoiados em conjunto com o SENAI e executam conforme estabelecido no Edital.

5

Qual a Instituição Âncora do Desafio Repsol Sinopec Brasil de Digitalização?

A Instituição Âncora patrocinadora do Desafio Repsol Sinopec Brasil de Digitalização é a REPSOL SINOPEC.

6

Até quando e onde posso me inscrever?

As inscrições podem ser realizadas até 16/05 através da plataforma de inscrições do Edital de Inovação para a Indústria: www.plataforma.editaldeinovacao.com.br

Cadastre-se na plataforma e ao cadastrar nova ideia selecione: Categoria C – Desafio Repsol Sinopec Brasil

Não serão avaliadas propostas incompletas ou enviadas fora do prazo.

7

Onde e como serão as etapas presenciais?

A etapa de apresentação do Pitch será presencial e ocorrerá em Salvador - BA, no SENAI CIMATEC.

Os aprovados serão comunicados por e-mail com orientações detalhadas sobre esta etapa.

8

Sobre o desenvolvimento do projeto

Os projetos serão desenvolvidos em até 12 meses, com início previsto para Agosto de 2019. Ao longo da execução do projeto será realizado o acompanhamento e avaliação do desempenho das equipes. Poderão ser eliminados do processo aqueles que não atenderem às expectativas ou não realizarem os entregáveis conforme plano de trabalho aprovado. Os projetos selecionados terão o apoio da equipe das Instituições Âncora e do SENAI CIMATEC.

9

Sobre a Propriedade intelectual e participações da Instituição Âncora e do SENAI para soluções desenvolvidas.

As regras de participação das Instituições Âncora e do SENAI serão avaliadas caso a caso e serão detalhadas e definidas anteriormente à assinatura do Termo de Cooperação Técnica (ACT).

Conforme o grau de inovação das soluções propostas pelas startups, da contribuição dada pelas outras Partes, será negociado e formalizado em momento e instrumento contratual oportuno, a titularidade dos direitos de propriedade intelectual relativos à solução apresentada, além dos critérios de licença de uso eventualmente aplicáveis, sem prejuízo das Instituições Âncora, por sua liberalidade, exigir o recebimento de percentual de royalties sobre a comercialização da solução, bem como seu direito de uso da solução, com a devida remuneração para as startups, se assim lhe for conveniente.

10

Qual será o recurso financeiro disponível por projeto?

As empresas selecionadas poderão desenvolver projetos com custo de financiamento de até R$ 866.666,67 dos quais R$ 266.666,67 serão aportados diretamente na startup e R$ 600.000,00 serão disponibilizado em formato de horas técnicas de especialistas e uso de infraestrutura do SENAI CIMATEC, entre outros.

As empresas aprovadas devem aportar contrapartida financeira?

A startup não precisará arcar com contrapartida.

11

12

Quais são os elementos financiáveis do projeto?

As empresas aprovadas irão elaborar o Plano de Projeto e Planejamento Financeiro em conjunto com o SENAI e Instituições Âncora, nos quais será detalhada a distribuição orçamentária, estabelecida conforme demanda de cada projeto desde que sejam para o desenvolvimento da solução.

O recurso deverá ser utilizado conforme rubricas permitidas no Edital de Inovação para Indústria.

13

O que não pode ser custeado com recurso dos projetos?

Não são custeáveis em nenhuma hipótese despesas com: infraestrutura (água, luz, telefones celular ou fixo, aluguel, internet, pagamento de juros e multas); Tarifas bancárias e indenizações; Obras de construção civil, mobiliário, aquisição de veículos automotores; Despesas de suporte operacional: abrangem, por exemplo, salários, incluindo encargos e benefícios de pessoal administrativo, envolvendo pessoal de apoio e das áreas jurídicas, financeiras, contábeis e recursos humanos.

Material de consumo para apoio: caracteriza-se por não se agregar, fisicamente, ao produto final, sendo meramente utilizado nas atividades de apoio administrativo, comercial e operacional (exemplo: papéis para escritório, lâmpadas para utilização nos prédios administrativos, etc.)