DIGITALIZAÇÃO

Existem diversos desafios a serem superados nas Industrias de Óleo & Gás, tais como o estabelecimento de mecanismos que permitam coletar e integrar múltiplas fontes de dados em um ambiente complexo e com baixa padronização, criar instrumentos que agreguem inteligência aos processos, permita a correlação de dados e análise dos resultados.

O desafio tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de soluções que permitam automatizar processos, aumentar a produtividade e eficiência operacional, dar suporte a tomada de decisões em tempo real através da digitalização.

Serão selecionados projetos que proponham soluções inovadoras e disruptivas utilizando técnicas de IA, equipamentos robóticos, modelagem computacional ou digitalização,

dentro dos temas a seguir:

Aumento da eficiência operacional e HSSE:

•  Sensoriamento remoto, monitoramento, controle e análise de dados em tempo real;

•  Suporte a tomada de decisão que permitam melhorar as simulações e previsões com impacto no negócio;

•  Soluções que reduzam riscos operacionais, custos e evitem eventos indesejados;

• Tomada de decisões em tempo real durante a perfuração para redução dos riscos operacionais;

•  Soluções com inteligência artificial, aprendizado de máquina e modelos preditivos para uma manutenção preditiva baseada na condição real dos ativos, com funcionalidades para controlar, manter e desenvolver operações e processos visando evitar riscos de segurança;

•  Utilização de sistemas robóticos para diminuir as atividades de mergulho, reduzir a exposição de pessoas em ambientes com riscos, inspeção remota ou online e operações remotas e eliminar ou reduzir a utilização de andaimes nas atividades de manutenção.

 

G&G e Engenharia de reservatórios:

•  Melhorar a delineação e caracterização de reservatórios carbonáticos integrando tecnologias de atributos sísmicos com interpretação geológica e sísmica avançada em uma estrutura de Inteligência Artificial /estatística;

•  Desenvolvimento de soluções que permitam reduzir a incerteza das propriedades de reservatórios em campos complexos;

•  Otimizar a localização dos poços de avaliação para diminuir as incertezas das estimativas das reservas e maximização da produtividade;

•  Uso de algoritmos de Inteligência Artificial e supercomputação para auxiliar a identificação dos melhores locais para perfuração;

•  Técnicas para estimar e propagar as propriedades de rochas em 3 dimensões;